Audiência pública sobre concessão dos pedágios



Na manhã de hoje (17), na Câmara dos Deputados, ocorreu uma audiência pública da Comissão de Viação e Transportes, por iniciativa do Dep. Afonso Hamm, para debater a prorrogação da concessão dos pedágios nas rodovias BR-116 e BR-392, localizadas no Rio Grande do Sul.


A atual empresa que detém a concessão apresentou uma proposta para prorrogação do seu contrato, oferecendo como contrapartida fazer obras de infraestrutura em trechos das rodovias, e reformar a ponte que dá acesso ao porto do município do Rio Grande.


Em sua fala na audiência pública, o ministro de infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, reforçou a posição do governo no debate: ”Uma extensão contratual só acontece se ficar muito bem provado que haverá vantajosidade”.


Na sua participação no diálogo, o deputado federal Daniel Trzeciak enfatizou as consequências do assunto para todo estado: "Nós não somos contra as concessões, não somos contra os pedágios, agora o pedágio com uma tarifa básica de R$ 12,30 é um absurdo. Hoje temos um contrato ultrapassado, um contrato que não cabe mais nos dias atuais, esse contrato não está permitindo o crescimento do estado do Rio Grande do Sul. A tarifa mais cara do estado está no Polo Pelotas, nessas cinco praças de pedágio que ficam no percurso das importações e exportações do porto do Rio Grande".


Participaram da audiência pública as seguintes lideranças: TARCÍSIO GOMES DE FREITAS, Ministro de Estado da Infraestrutura; ANDRÉ LUIS MACAGNAN FREIRE, Superintendente de Infraestrutura Rodoviária da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT); DELMAR PELLEGRINI FILHO, Superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT)/RS; FABIANO MARTINS MEDEIROS, Diretor Superintentendente da Empresa Concessionária de Rodovias do Sul (Ecosul); VINÍCIUS PEGORARO, Prefeito de Canguçu e presidente da Associação dos Municípios da Zona Sul (Azonasul); MARCUS VINÍCIUS ALMEIDA, Deputado Estadual (PP/RS)




Assista o vídeo com todos as manifestações da audiência pública


***


Deixe suas sugestões para o mandado em nossas redes sociais: Facebook Instagram Twitter

Mande uma mensagem para nosso WhatsApp: (53) 99945-9045

22 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo