Caminhos para o desenvolvimento da Zona Sul



Em palestra integrada à programação da 95º Expofeira de Pelotas (4.out), o deputado federal Daniel Trzeciak falou sobre assuntos essenciais para o crescimento econômico da zona sul. O objetivo da palestra foi reforçar a necessidade de mobilização da sociedade sobre temas políticos relacionados com a infraestrutura, projetando um cenário regional mais competitivo dentro do Rio Grande do Sul.

A obra de infraestrutura apontada como a mais importante em atividade no estado foi a duplicação da BR-116, no trecho entre Pelotas e Guaíba. A rodovia é utilizada para ligar a capital ao porto do município do Rio Grande, e quando concluída vai proporcionar melhor mobilidade no escoamento de safras para o transporte marítimo. “Com o nosso mandato em Brasília cobrando e sensibilizando os órgãos responsáveis, fazendo coro a movimentos já existentes, foram entregues até agora 131,5 km de duplicação, faltando 79,7 km para a conclusão”, afirmou o parlamentar.

Em relação direta com a mobilidade nas rodovias, a zona sul enfrenta a luta pela redução nas tarifas dos pedágios. Na região encontram-se as tarifas mais caras do estado e uma das mais caras do país. Hoje um caminhão com seis eixos em deslocamento do porto do Rio Grande até a capital paga R$ 222,00, somando as três praças de pedágio.

A atual concessionária explora os trechos desde 1998, e corre no Tribunal de Contas da União (TCU) uma auditoria que apontou não só indícios de arrecadação indevida, mas sobretudo irregularidades na forma com que evoluiu o preço da tarifa ao longo dos anos. “Não sou contra os pedágios, sou contra as altas tarifas. Se não tiver uma tarifa justa que possa favorecer investimentos na zona sul, não vamos conseguir avançar”, reforçou Trzeciak, destacando o êxito de medida cautelar recente, ingressada junto ao próprio TCU, que culminou na suspensão do reajuste que havia sido aprovado pela Agência Nacional dos Transportes Terrestres (ANTT).

O parlamentar também ressaltou as obras do contorno de Pelotas, das pontes sobre o canal São Gonçalo e sobre o rio Jaguarão, da duplicação do lote 4 da BR-392 - que proporciona acesso ao porto -, e da travessia a seco entre os municípios de São José do Norte e Rio Grande como novas frentes de trabalho a serem perseguidas para dar sequência ao propósito maior de tornar a região sul do estado mais atrativa a investimentos.

E fazendo uma prestação de contas do mandato, salientou a importância de a região possuir deputado federal, com a destinação de recursos, via emenda parlamentar, para todos os municípios que integram a zona sul: “Com o foco em infraestrutura e no desenvolvimento, independentemente de bandeira política, tenho certeza que tornaremos a nossa região muito mais competitiva a partir dessas obras proporcionadas pelo mandato”, finaliza.


***



2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo