Medida para suspender aumento da tarifa dos pedágios

Na sexta-feira (27) o deputado federal Daniel Trzeciak ingressou no Tribunal de Contas da União (TCU) com uma medida cautelar para barrar o reajuste da tarifa das cinco praças de pedágios do Polo Pelotas, na zona sul do estado.


As praças de pedágio que se encontram nas rodovias BR-116 e BR-392, a partir da 00:00 horas desse sábado, terão os preços reajustados com um aumento de 7,63%, aprovado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).


O valor da tarifa básica passará de R$ 12,30 para R$ 12,90.


No ano passado também houve aumento nas tarifas, mas com uma ação do parlamentar perante o TCU, juntamente com o também deputado federal Marcel Van Hattem e o então deputado estadual Fabio Branco, um mês depois das tarifas terem subido, o tribunal determinou o cancelamento do reajuste.


Ainda tramita no TCU uma auditoria para avaliar a forma de evolução das tarifas de todas as praças de pedágio do Polo Pelotas, e o estudo apontou uma série de irregularidades. Segundo Trzeciak, pretende-se com a medida evitar que, enquanto não concluídos esses estudos, possa a ANTT continuar autorizando novos reajustes.


“Desde 1998 estamos com um contrato ultrapassado que não favorece a competitividade econômica da Zona Sul. Protocolamos essa medida cautelar no TCU para suspender, para barrar esse absurdo desse reajuste de pedágio de quase 8%. Nós da zona sul não aguentamos mais pagar o preço do retrocesso”, afirmou Trzeciak.


***

8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo