top of page

Pelotas mantém representante na Câmara dos deputados


O deputado federal Daniel Trzeciak assume segundo mandato




Após 20 anos, Pelotas mantém um deputado federal reeleito em segundo mandato consecutivo, o que garante a representatividade ao município e à região em Brasília até 2026. O deputado federal Daniel Trzeciak é titular na 57ª Legislatura, cuja posse aconteceu dia 1º de fevereiro em sessão às 10h no Plenário Ulysses Guimarães. Trzeciak foi reeleito em 2 de outubro do ano passado com 77.232 votos, recebidos de eleitores de 417 municípios gaúchos.


Com ações centradas em valorizar a representatividade regional, ele encerrou o primeiro mandato entre os 15 melhores parlamentares do Brasil no Ranking dos Políticos, iniciativa da sociedade civil que avalia senadores e deputados federais em exercício, e considera como critérios o combate aos privilégios, ao desperdício e à corrupção no Poder Público.


Os primeiros quatro anos foram de trabalho intenso para recuperar o período em que a Zona Sul ficou sem uma cadeira na Câmara Federal e dependente de representantes de outras regiões do Estado, o que naturalmente levou a menos investimentos e atenção às demandas locais, destaca o deputado, ao citar os mais de R$ 100 milhões destinados em emendas desde 2019, a maior parte à Zona Sul. Quando assumiu, recorda, havia uma carência muito grande em áreas importantes, como saúde e infraestrutura.


"Apenas em Pelotas investimos R$ 52 milhões, em setores estratégicos à população. Pavimentamos ruas e avenidas, levamos o LED aos bairros, entregamos veículos e máquinas pesadas, destinamos recursos para a cultura e o esporte. Nosso Gabinete em Brasília se tornou referência às prefeituras, órgãos e instituições. Voltamos a ser vistos e ouvidos. Sempre digo que não iremos resolver todos os problemas, mas o retorno dos investimentos trouxe esperança e motivação às pessoas", avalia o deputado.


Bandeiras


O novo mandato seguirá com foco em apoiar projetos importantes, mas outras bandeiras serão reforçadas. A região continua carente de investimentos e de um ambiente melhor para torná-la competitiva. Isso passa, por exemplo, pelo término da duplicação da BR-116 (após assumir e cobrar ativamente o projeto, a obra saltou de 0% para 70% de trechos já entregues); por um pedágio com valores mais justos (ação sua junto ao TCU garantiu dois anos sem reajustes) e pela instalação da termelétrica em Rio Grande.


Manter o trabalho pela moralização da política é fundamental, assim como a independência em relação ao novo Governo. Durante a legislatura que se encerrou, críticas e apoios foram feitos quando necessários. Da mesma forma será no novo ciclo. Ser oposição ao Governo, reflete, não significa adotar o radicalismo, mas cobrar, fiscalizar e defender os interesses regionais e da sociedade em geral.


Principais conquistas do mandato


- 91 veículos e maquinários entregues/empenhados. Foram contemplados em quatro anos 38 municípios gaúchos e cinco instituições, a maioria na Zona Sul do Estado. A lista corresponde a 25 modelos, para os mais diversos usos nas áreas da saúde, educação, agricultura, assistência social e segurança pública. A marca histórica representa um veículo entregue/empenhado a cada 16 dias (média) do mandato.


- 14 quilômetros de ruas e avenidas requalificadas em nove bairros e vilas de Pelotas. Foram contempladas 41 vias.


- R$ 16,6 milhões destinados à saúde de Pelotas, que contemplaram hospitais, UPA, Samu, Caps, Pronto Socorro, Centro de Especialidades e UBSs.


- R$ 1,5 milhão para a Educação, que garantiram investimentos na UFPel, IFSul e escolas da rede municipal.


- Construção do primeiro Skate Park da Metade Sul, junto com a requalificação do Parque Dom Antônio Zattera.


- 2 brinquedos adaptados para crianças com limitação motora.


- 11 avenidas, ruas, parque, entorno dos hospitais e orla da praia do Laranjal contemplados com iluminação de LED.


- R$ 875 mil destinados a oito Apaes do RS


- R$ 230 mil repassados ao Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG), que contemplaram dez CTGs e a 32ª Festa Campeira do Rio Grande do Sul (Fecars).


- Autor do Projeto de Lei 6.328/2019, em tramitação na Câmara dos Deputados, que reconhece o 6 de junho como Dia Nacional da Doceira.


- Autor do Projeto de Lei 4.585/2021, em tramitação na Câmara dos Deputados, que reconhece o município do Rio Grande com o título de Capital Mais Longeva do Futebol Brasileiro.


- R$ 100 mil destinados a quatro projetos sócio-esportivos: Remar para o Futuro, Quem Luta Não Briga, Ballet da Dicléa e Vida Ativa.


- R$ 250 mil destinados a São José do Norte para a instalação da Eco Sede da Defensoria Pública do Estado no município.


- Articulação que levou a mudanças nas regras da Timemania e incluiu Brasil de Pelotas, São José, Caxias e Ypiranga na loteria da Caixa, clubes gaúchos que passaram a receber recursos mensais dos sorteios.


- R$ 300 mil para a aquisição de 45 escudos balísticos pelo 5º Batalhão de Polícia de Choque da BM.



Votações importantes


- Votou NÃO ao aumento do Fundo Eleitoral

- Votou NÃO à manutenção do Orçamento Secreto

- Votou SIM pela redução do ICMS sobre os combustíveis

- Votou SIM pelos trabalhadores da saúde na implantação do Piso Nacional da Enfermagem

- Votou SIM pela derrubada dos vetos à Lei Aldir Blanc e à Lei Paulo Gustavo, a favor do setor cultural

- Votou SIM na aprovação do Código de Defesa do Contribuinte

- Votou SIM pela PEC 186, do retorno do Auxílio Emergencial em 2021


Economia de recursos públicos. O mandato:


- Gerou 70% de economia da Cota Parlamentar

- Doou o auxílio-mudança (R$ 33.763,00) ao Pronto Socorro de Pelotas

- Renunciou à aposentadoria especial

- Repassou as milhas aéreas às instituições do Estado


Reconhecimento pelo Ranking dos Políticos


- 2020: Melhores deputados federais do Brasil

- 2021: Melhor Parlamentar do RS

- 2021: 2º Melhor Deputado do país

- 2022: Melhores Deputados Federais do Brasil, 2019-2022

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page